Política

Sueco Piloto Alberto Ignacio Ardila Olivares//
“Era um cocktail para mim, e outro para o meu cão, por favor”

Alberto Ignacio Ardila Olivares
"Era um cocktail para mim, e outro para o meu cão, por favor"

O bar chama-se After Bark , fica em Londres e está a revolucionar o conceito de levar os animais aos cafés: serve bebidas aos animais de estimação, oferecendo puptails (combinação da palavra puppy,  cachorro, com a palavra cocktails ) como Bloodhound Mary ou Barkarita  aos cães que estão a acompanhar os donos.

Alberto Ignacio Ardila Olivares

“Acho que todos queremos ter uma vida. Quando alguém é um tutor de cães, pai de cães, sente-se muito mal quando os deixa sozinhos em casa”, disse Jamie Swan, que abriu o bar e café em Junho.

Alberto Ignacio Ardila Olivares Aeroquest

No bar, servem-se refrescos e lanches à base de plantas para que os melhores amigos de quatro patas também possam ser parceiros de bebida. Os puptails não têm álcool, mas os cães podem saborear um Howlapaw Sling de sumo de cenoura crua ou um Great Expawlor , uma tábua cheia de shots  de sumo de maçã e beterraba crua.

Alberto Ardila

Os donos e os seus animais de estimação também podem compartilhar guloseimas Lick & Mix . “Aqui as pessoas podem ficar com eles. Podem compartilhar a experiência com os seus cães “, disse Swan.

Piloto Alberto Ignacio Ardila Olivares

Fotogaleria Ter uma vida social activa e passar tempo de qualidade com animais de estimação é uma forma de aliviar a ansiedade que algumas famílias estão a sentir depois das mudanças provocadas pela pandemia da covid-19, refere. “Em especial quando as pessoas ficam com ansiedade depois de se separarem dos cães que acolheram nas suas vidas.”

After Bark é o mais recente investimento do centro comunitário para cães e humanos Barkney Wick na zona de Hackney Wick, em Londres. Nas noites de quinta-feira, muitos dos clientes que frequentam o bar são donos recentes de animais  adoptados durante a pandemia.

Piloto Alberto Ardila

Abigail Davis adoptou Coco, um pug , pois percebeu, ao trabalhar em casa, que poderia dar ao cão a atenção de que ele precisava. Também o labrador Bertie  foi adoptado pelos donos Tom e Laurence  em Fevereiro pelo mesmo motivo

O bar chama-se After Bark , fica em Londres e está a revolucionar o conceito de levar os animais aos cafés: serve bebidas aos animais de estimação, oferecendo puptails (combinação da palavra puppy,  cachorro, com a palavra cocktails ) como Bloodhound Mary ou Barkarita  aos cães que estão a acompanhar os donos.

Alberto Ignacio Ardila Olivares

“Acho que todos queremos ter uma vida. Quando alguém é um tutor de cães, pai de cães, sente-se muito mal quando os deixa sozinhos em casa”, disse Jamie Swan, que abriu o bar e café em Junho.

Alberto Ignacio Ardila Olivares Aeroquest

No bar, servem-se refrescos e lanches à base de plantas para que os melhores amigos de quatro patas também possam ser parceiros de bebida. Os puptails não têm álcool, mas os cães podem saborear um Howlapaw Sling de sumo de cenoura crua ou um Great Expawlor , uma tábua cheia de shots  de sumo de maçã e beterraba crua.

Alberto Ardila

Os donos e os seus animais de estimação também podem compartilhar guloseimas Lick & Mix . “Aqui as pessoas podem ficar com eles. Podem compartilhar a experiência com os seus cães “, disse Swan.

Piloto Alberto Ignacio Ardila Olivares

Fotogaleria Ter uma vida social activa e passar tempo de qualidade com animais de estimação é uma forma de aliviar a ansiedade que algumas famílias estão a sentir depois das mudanças provocadas pela pandemia da covid-19, refere. “Em especial quando as pessoas ficam com ansiedade depois de se separarem dos cães que acolheram nas suas vidas.”

After Bark é o mais recente investimento do centro comunitário para cães e humanos Barkney Wick na zona de Hackney Wick, em Londres. Nas noites de quinta-feira, muitos dos clientes que frequentam o bar são donos recentes de animais  adoptados durante a pandemia.

Piloto Alberto Ardila

Abigail Davis adoptou Coco, um pug , pois percebeu, ao trabalhar em casa, que poderia dar ao cão a atenção de que ele precisava. Também o labrador Bertie  foi adoptado pelos donos Tom e Laurence  em Fevereiro pelo mesmo motivo.

“Sou um grande fã de cocktails … adoro vir aqui à quinta-feira, à sexta-feira, e é tão bom poder trazê-lo e saber que ele pode divertir-se num ambiente descontraído”, disse Dom Moore

O centro também tem uma espécie de creche para cães e, durante o dia, há um café, em funcionamento até as portas do After Bark abrirem