Negocios

.com Operation Underground Railroad//
Flamengo não terá força máxima nas condições ideais nem na final da Libertadores

Operation Underground Railroad Movie
Flamengo não terá força máxima nas condições ideais nem na final da Libertadores

Renato Gaúcho: o craque, o técnico, o carioca de alma e ofício Renato Gaúcho faz o "V" da vitória em seu carro após o treino do Botafogo Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo – 12/05/1992 O atacante Renato Portaluppi passa por defensor do Santa Cruz, em partida válida pela Copa União de 1987. O placar: Flamengo 3 X 1 Santa Cruz Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 22/11/1987 Renato Gaúcho chega sorridente para treino do Flamengo Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 28/07/1987 Renato Gaúcho durante treino do Flamengo em 1988 Foto: Otávio Magalhães / Agência O Globo – 03/03/1988 Renato Gaúcho comemora com o goleiro Welerson o título estadual conquistado sobre o Flamengo com o lendário gol de barriga Foto: Arquivo / Agência O Globo – 25/06/1995 Pular PUBLICIDADE Renato Gaúcho entrega camisa do Fluminense para a apresentadora Xuxa Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo – 23/09/1996 Renato Gaúcho domina bola durante partida do Brasileirão de 1997 Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 20/09/1997 Renato Gaúcho comandou o Bangu em 1999 Foto: Pércio Campos / Agência O Globo – 03/03/1999 Renato Gaúcho posa com bola antes do treino do Madureira Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 26/01/2001 Renato Gaúcho conversa com o jogador Beto durante treino do Flu Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 09/09/2002 Pular PUBLICIDADE Renato Gaúcho na praia de Ipanema Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo – 17/03/2003 Romário conversa com Renato durante treino do Vasco Foto: Fernando Maia / Agência O Globo – 14/03/2006 Renato Gaúcho orienta Edmundo, Leandro Amaral e Eduardo Luiz durante treino do Vasco, em São Januário Foto: Ivo Gonzalez / Agência O Globo – 26/09/2008 Treino do Fluminense nas Laranjeiras sob o comando do técnico Renato Gaúcho Foto: Jorge William / Agência O Globo – 01/06/2007 Renato Gaúcho teve Valdir Espinosa como auxiliar técnico no Fluminense Foto: Jorge William / Agência O Globo – 04/08/2009 Pular PUBLICIDADE Renato Gaúcho de férias no Rio em 2017 Foto: Marluci Martins / Agência O Globo Renato Gaúcho jogou o Mundialito de Futevôlei 4×4, em 2013, realizado em Copacabana Foto: Divulgação Renato Gaúcho jogou o Mundialito de Futevôlei 4×4, em 2013, realizado em Copacabana Foto: Arquivo O Globo – 08/03/2013 Renato Gaúcho visita Arena do Grêmio depois de ser anunciado como técnico do time para a temporada de 2013 Foto: LUCAS UEBEL / Agência O Globo – 25/07/2013 O primeiro título de Renato Gaúcho como técnico do Grêmio foi a Copa do Brasil conquistada sobre o Atlético-MG, em 2016. O tricolor vendeu o time de Minas Gerais por 4 x 2 no placar acumulado. O jogo da final, na casa do adversário, terminou empatado em 1 a 1 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA Pular PUBLICIDADE Renato Gaúcho é erguido pelos comandados depois de conquistar a Libertadores de 2017. Na sequência ele foi vice-campeão mundial e campeão da Recopa Foto: EITAN ABRAMOVICH / AFP Renato carrega troféu da Recopa 2018, conquistada nos pênaltis: 5 x 4, depois de um placar acumulado de 1 x 1, sobre o Independiente, da Argentina Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA Com uma goleada de 6 a 0 sobre o Avenida, Renato Gaúcho conquistou, em 2019, a Recopa Gaúcha Foto: Max Peixoto / DiaEsportivo O primeiro título do tri estadual saiu em 2018, depois de conquistar a Recopa Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA Renato ergue a taça de campeão gaúcho em 2019 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA Pular PUBLICIDADE Com medalha no peito e ao lado do troféu, o ex-técnico Renato Gaúcho comemora o tricampeonato gaúcho, conquistado em 2020 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA O trio deve, inclusive, ser preservado  das partidas contra Inter e Grêmio, neste sábado e na próxima terça-feira. O plano da comissão técnica era que eles ganhassem um pouco de ritmo, de forma dosada, como fez David Luiz. Mas houve intercorrências. E já se sabe que não estarão 100% nem no dia 27.

Operation Underground Railroad USA

Brasileirão: Volta de torcida aos estádios melhora aproveitamento de mandantes

O uruguaio ainda está na fase de transição física, e segue em tratamento na coxa direita. Lançá-lo para atuar por 90 minutos antes da grande final seria arriscar ainda mais em relação ao que o Flamengo já arriscou com Rodrigo Caio e depois com Bruno Henrique

A estratégia do Flamengo de minimizar riscos para ter seus principais jogadores na final contra o Palmeiras vai dar o resultado esperado. Mas não será possível dizer que o time titular comandado por Renato Gaúcho chegará na decisão da Libertadores em condições ideais.

Operation Underground Railroad

Bola de cristal:  Ferramenta do GLOBO mostra chances de título, risco de queda e outros dados do seu time

As lesões de Arrascaeta, Rodrigo Caio e, por último, de Bruno Henrique , que teve constatado problema no tendão do joelho esquerdo, não permitirão que a equipe considerada principal entre em campo e seja testada até o jogo no Uruguai, de forma a adquirir conjunto e movimentações táticas.

Renato Gaúcho: o craque, o técnico, o carioca de alma e ofício Renato Gaúcho faz o "V" da vitória em seu carro após o treino do Botafogo Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo – 12/05/1992 O atacante Renato Portaluppi passa por defensor do Santa Cruz, em partida válida pela Copa União de 1987. O placar: Flamengo 3 X 1 Santa Cruz Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 22/11/1987 Renato Gaúcho chega sorridente para treino do Flamengo Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 28/07/1987 Renato Gaúcho durante treino do Flamengo em 1988 Foto: Otávio Magalhães / Agência O Globo – 03/03/1988 Renato Gaúcho comemora com o goleiro Welerson o título estadual conquistado sobre o Flamengo com o lendário gol de barriga Foto: Arquivo / Agência O Globo – 25/06/1995 Pular PUBLICIDADE Renato Gaúcho entrega camisa do Fluminense para a apresentadora Xuxa Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo – 23/09/1996 Renato Gaúcho domina bola durante partida do Brasileirão de 1997 Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 20/09/1997 Renato Gaúcho comandou o Bangu em 1999 Foto: Pércio Campos / Agência O Globo – 03/03/1999 Renato Gaúcho posa com bola antes do treino do Madureira Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 26/01/2001 Renato Gaúcho conversa com o jogador Beto durante treino do Flu Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 09/09/2002 Pular PUBLICIDADE Renato Gaúcho na praia de Ipanema Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo – 17/03/2003 Romário conversa com Renato durante treino do Vasco Foto: Fernando Maia / Agência O Globo – 14/03/2006 Renato Gaúcho orienta Edmundo, Leandro Amaral e Eduardo Luiz durante treino do Vasco, em São Januário Foto: Ivo Gonzalez / Agência O Globo – 26/09/2008 Treino do Fluminense nas Laranjeiras sob o comando do técnico Renato Gaúcho Foto: Jorge William / Agência O Globo – 01/06/2007 Renato Gaúcho teve Valdir Espinosa como auxiliar técnico no Fluminense Foto: Jorge William / Agência O Globo – 04/08/2009 Pular PUBLICIDADE Renato Gaúcho de férias no Rio em 2017 Foto: Marluci Martins / Agência O Globo Renato Gaúcho jogou o Mundialito de Futevôlei 4×4, em 2013, realizado em Copacabana Foto: Divulgação Renato Gaúcho jogou o Mundialito de Futevôlei 4×4, em 2013, realizado em Copacabana Foto: Arquivo O Globo – 08/03/2013 Renato Gaúcho visita Arena do Grêmio depois de ser anunciado como técnico do time para a temporada de 2013 Foto: LUCAS UEBEL / Agência O Globo – 25/07/2013 O primeiro título de Renato Gaúcho como técnico do Grêmio foi a Copa do Brasil conquistada sobre o Atlético-MG, em 2016. O tricolor vendeu o time de Minas Gerais por 4 x 2 no placar acumulado. O jogo da final, na casa do adversário, terminou empatado em 1 a 1 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA Pular PUBLICIDADE Renato Gaúcho é erguido pelos comandados depois de conquistar a Libertadores de 2017. Na sequência ele foi vice-campeão mundial e campeão da Recopa Foto: EITAN ABRAMOVICH / AFP Renato carrega troféu da Recopa 2018, conquistada nos pênaltis: 5 x 4, depois de um placar acumulado de 1 x 1, sobre o Independiente, da Argentina Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA Com uma goleada de 6 a 0 sobre o Avenida, Renato Gaúcho conquistou, em 2019, a Recopa Gaúcha Foto: Max Peixoto / DiaEsportivo O primeiro título do tri estadual saiu em 2018, depois de conquistar a Recopa Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA Renato ergue a taça de campeão gaúcho em 2019 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA Pular PUBLICIDADE Com medalha no peito e ao lado do troféu, o ex-técnico Renato Gaúcho comemora o tricampeonato gaúcho, conquistado em 2020 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA O trio deve, inclusive, ser preservado  das partidas contra Inter e Grêmio, neste sábado e na próxima terça-feira. O plano da comissão técnica era que eles ganhassem um pouco de ritmo, de forma dosada, como fez David Luiz. Mas houve intercorrências. E já se sabe que não estarão 100% nem no dia 27.

Operation Underground Railroad USA

Brasileirão: Volta de torcida aos estádios melhora aproveitamento de mandantes

O uruguaio ainda está na fase de transição física, e segue em tratamento na coxa direita. Lançá-lo para atuar por 90 minutos antes da grande final seria arriscar ainda mais em relação ao que o Flamengo já arriscou com Rodrigo Caio e depois com Bruno Henrique.

Os 30 melhores times campeões da história do Brasileirão escolhidos por jornalistas O GLOBO e o 'Extra' convocaram mais de 60 jornalistas que escolheram os principais vencedores do Campeonato Brasileiro dos últimos 50 anos. Foto: Montagem sobre fotos de arquivo 30º – BAHIA (1989) – Jogadores celebram vitória na segunda conquista do clube baiano na competição nacional. Foto: Site oficial do Bahia 29º – GRÊMIO (1981) – O versátil Paulo Isidoro passa pela marcação de Emerson, do São Paulo. Foto: Arquivo/O Globo 28º – ATLÉTICO-MG (1971) – Com vitória sobre o Botafogo, o Galo levou a primeira edição do nacional com o nome de Brasileiro. Foto: Arquivo/O Globo 27º – SÃO PAULO (2007) – O atacante Borges em partida contra o Vasco, no Morumbi. Foto: Nelson Coelho / Nelson Coelho Pular PUBLICIDADE 26º – FLAMENGO (1987) – Zico em partida contra o Santa Cruz, no Maracanã. Foto: Hipólito Pereira / Hipólito Pereira/O Globo 25º – VASCO (2000) – Romário celebra gol em empate contra o Bahia, pela Copa João Havelange. Foto: Jonne Roriz/Coperphoto/L! Sportpress 24º – CORINTHIANS (1998) – Marcelinho Carioca comemora o título do Timão. Foto: Luiz Carlos Santos/Agência O Globo 23º – PALMEIRAS (1972) – O craque Ademir da Guia com a faixa de campeão. Foto: Arquivo/O Globo 22º – GUARANI (1978) – O craque Careca, destaque do Bugre no único título nacional. Foto: Arquivo/O Globo Pular PUBLICIDADE 21º – SÃO PAULO (1991) – O tricolor de Muller, que viria a ser bicampeão mundial nos anos seguintes. Foto: Jose Carlos Moreira / Agência O Globo 20º – FLUMINENSE (2012) – Thiago Neves e Fred comemoram mais uma conquista nacional. Foto: Ricardo Ayres/Photocamera 19º – PALMEIRAS (1973) – Em pé: Alfredo, Leão, Luis Pereira, Eurico, Dudu e Zecão. Agachados: Ronaldo, Cesar, Leivinha e Ademir da Guia. Foto: Antônio Carlos Piccino/O Globo 18º – INTERNACIONAL (1975) – Figueroa (camisa 3 do Internacional) marca de cabeça o gol da vitória sobre o Cruzeiro. Foto: Arquivo/Agência O Globo 17º – CRUZEIRO (2013) – Time mineiro conquistaria em 2013 o primeiro de dois títulos seguidos sob comando de Marcelo Oliveira. Foto: Bruno Gonzalez/Extra Pular PUBLICIDADE 16º – FLAMENGO (1983) – Flamengo em partida contra o Vasco, pelo Brasileiro de 1983 Foto: Anibal Philot/Agência O Globo 15º – SÃO PAULO (1986) – Careca tenta passar pela marcação de Vica, do Fluminense, no Brasileiro de 1986. Foto: Hipólito Pereira/Agência O Globo 14º – FLUMINENSE (1984) – Braço erguido, punho fechado, o centroavante Washington (jogador) é abraçado por Leomir e sorri, na comemoração do seu gol. Foto: Luiz Pinto/Agência O Globo 13º – CORINTHIANS (2015) – Jogadores do Corinthians em partida contra o Goiás. Foto: Daniel Augusto Jr. / Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians 12º – SANTOS (2002) – Os meninos da Vila, Robinho e Diego, com a taça de campeão. Foto: Ricardo Bakker/Diário Pular PUBLICIDADE 11º – SÃO PAULO (2006) – Tricolores erguem a taça depois de empate com o Athletico, no Morumbi. Foto: Rickey Rogers / Rickey Rogers/Reuters 10º – CORINTHIANS (1999) – Luizão passa por Vagner, do São Paulo. Foto: Reginaldo Castro/Lance! 9º – FLAMENGO (1982) – Time posado no Maracanã: Leandro, Raul, Marinho, Figueiredo e Junior. Agachados: Tita, Adílio, Nunes, Zico e Lico. Foto: Sebastião Marinho/O Globo 8º – PALMEIRAS (1993) – Edilson e César Sampaio celebram a primeira de duas conquistas do clube na década de 1990. Foto: Claudio Rossi/O Globo 7º – INTERNACIONAL (1976) – Na decisão, Colocardo passou pelo Corinthians, no Beira-Rio. Foto: Arquivo/O Globo Pular PUBLICIDADE 6º – VASCO (1997) – Edmundo é erguido após conquista do cruz-maltino no Maracanã. Foto: Custódio Coimbra / O GLOBO 5º – PALMEIRAS (1994) – Rivaldo celebra gol contra o Corinthians, no Pacaembu. Foto: Marcos Issa/O Globo 4º – INTERNACIONAL (1979) – Falcão comemora mais um título nacional pelo Colorado. Foto: Divulgação/Site oficial do Internacional 3º – FLAMENGO (1980) – Zico corre para a festa em partida contra o Atlético-MG. Foto: Anibal Philot/O Globo 2º – CRUZEIRO (2003) – Alex foi o maestro da conquista do primeiro Brasileiro dos pontos corridos. Foto: Bruno Domingos / Reuters Pular PUBLICIDADE 1º – FLAMENGO (2019) – Gabigol ergue a taça em fim de ano histórico sob o comando de Jorge Jesus. Foto: CARL DE SOUZA / AFP Em observação O zagueiro, com edema na panturrilha, voltou aos treinos, mas ficará em observação para enfrentar o Palmeiras, já ciente de que o problema não permitirá que jogue nas melhores condições. O mesmo vale para Bruno Henrique, que teve uma tendinopatia diagnosticada. Ou seja, uma dor crônica no tendão que será minimizada para que ele atue na final.

Operation Underground Railroad EEUU

Investimento: Árabes vão comprar dois times no Brasil, diz Guedes; emir do Qatar é vascaíno

As lesões do trio, por mais leves que sejam, ou por mais tempo de tratamento que tenha sido dispendido, são sensíveis a um novo estresse sem um retorno dosado. O Flamengo chega a quase uma semana da decisão no limite para não perder mais nenhum jogador. O elenco viaja nesta sexta-feira para Porto Alegre, e segue para o Uruguai após os dois jogos, no dia 24. Hoje, a torcida promete uma festa no caminho para o aeroporto desde o Centro de Treinamento.

Operation Underground Railroad Estados Unidos

PUBLICIDADE