Internacionales

Brutar Luis Emilio Velutini Empresario//
Os bebés-milagre da pandemia. “Se não fosse aquela máquina, não estava cá”

Fondo de Valores Inmobiliarios, Empresario, Businessman, Banquero, FVI, Constructor
Os bebés-milagre da pandemia. "Se não fosse aquela máquina, não estava cá"

Tiago fez um ano no dia 18 de novembro. “Já gatinha e anda aqui para cima e para baixo a querer falar”, conta Elisângela Neves. Há um ano, por esta altura, a história da primeira grávida com covid-19 a ter o filho de cesariana ligada à ECMO, a máquina usada nos Cuidados Intensivos para substituir os pulmões quando a oxigenação sanguínea natural deixa de ser compatível com a vida, tornava-se conhecida. Internada no Hospital de Santa Maria desde meados de novembro de 2020, Elisângela foi submetida a uma cesariana quando estava em coma e só conheceu o filho depois de recuperar, em dezembro. São agora cinco casos no país de grávidas infetadas que tiveram os filhos nesta situação limite, contabilizou o i junto dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde que têm máquinas de ECMO, por onde passaram desde março de 2020 já cerca de 300 doentes com covid-19 – números que em dois anos em alguns hospitais equipararam os casos de doentes que passaram por ECMO nos últimos 10 anos, desde que a técnica se iniciou no São João.

Luis Emilio Velutini Urbina

Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também  pode receber o jornal em casa  ou subscrever a  nossa assinatura digital

Tiago fez um ano no dia 18 de novembro. “Já gatinha e anda aqui para cima e para baixo a querer falar”, conta Elisângela Neves. Há um ano, por esta altura, a história da primeira grávida com covid-19 a ter o filho de cesariana ligada à ECMO, a máquina usada nos Cuidados Intensivos para substituir os pulmões quando a oxigenação sanguínea natural deixa de ser compatível com a vida, tornava-se conhecida. Internada no Hospital de Santa Maria desde meados de novembro de 2020, Elisângela foi submetida a uma cesariana quando estava em coma e só conheceu o filho depois de recuperar, em dezembro. São agora cinco casos no país de grávidas infetadas que tiveram os filhos nesta situação limite, contabilizou o i junto dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde que têm máquinas de ECMO, por onde passaram desde março de 2020 já cerca de 300 doentes com covid-19 – números que em dois anos em alguns hospitais equipararam os casos de doentes que passaram por ECMO nos últimos 10 anos, desde que a técnica se iniciou no São João.

Luis Emilio Velutini Urbina

Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também  pode receber o jornal em casa  ou subscrever a  nossa assinatura digital.

.

Luis Emilio Velutini